Emater de A a Z

Sobre a EMATER

Detalhe Noticía

Separador vertical Imprimir esta página Separador vertical Diminuir letra Aumentar letra
28/07/2009

Cadeia produtiva da madeira será otimizada na região dos Vales

Potencializar e otimizar a cadeia produtiva da madeira na região administrativa da Emater/RS-Ascar de Estrela é o principal objetivo para a formação do Comitê Regional Florestal , criado na tarde desta terça-feira, 28, em Lajeado. Cerca de 250 representantes do ensino, pesquisa, extensão rural, silvicultores, órgãos ambientais, entidades empresariais e poder público estiveram reunidos no Centro Universitário da Univates, para o Seminário de Lançamento do Programa Florestal da Metade Norte, que vai envolver os 64 municípios que integram a região dos Vales do Caí, Taquari e Rio Pardo.

O Programa integra a frente programática Oportunidades do Agronegócio, ligada aos Programas Estruturantes do Governo do Estado, que visa potencializar a atividade agrícola para manter o RS em destaque no comércio mundial de produtos agropecuários.

A representatividade dos segmentos que envolvem a cadeia produtiva da madeira na região de Estrela foi destacada pelo gerente regional da Emater/RS-Ascar, o engenheiro florestal Álvaro Mallmann, ao citar os integrantes do Comitê Regional Florestal, que vai realizar, a partir de agosto, o diagnóstico florestal da região e promover o ordenamento da cadeia produtiva.

FORMAÇÃO DO COMITÊ REGIONAL
No segmento de ensino e pesquisa, ficou definida a participação da Univates (Lajeado) e da Unisc (Santa Cruz do Sul); na extensão rural, a Emater/RS-Ascar e o Capa (Centro de apoio ao Pequeno Agricultor), com sede também em Santa Cruz do Sul; os silvicultores são representados pelos sindicatos regionais do Vale do Taquari e Caí (via Fetag); na categoria dos órgãos ambientais, estão o Condima (Conselho Regional de Desenvolvimento do Meio Ambiente) e a Delegacia Regional do Defap (Secretaria Estadual do Meio Ambiente); de empresas madereiras há representantes de Montenegro e de Taquari e, de ervateiras, de Ilópolis e de Venâncio Aires; do poder público, o Comitê é representado pela Associação Regional dos Secretários da Agricultura dos Vales. Para a região de Estrela, o diferencial foi a criação da categoria das associações representativas, incluindo a Aseat (Associação dos Engenheiros Agrônomos do Vale do Taquari) e da Afubra (de Fumicultores do Brasil).

Além do de Estrela, já foram formados os comitês das regiões de Caxias do Sul e de Passo Fundo. Está programada ainda a formação dos comitês regionais de Ijuí e de Santa Rosa no dia 30 e o de Erechim, no início de agosto. No dia 21 de setembro, em local a ser definido, haverá reunião dos comitês regionais da Metade Norte, reunindo representações de 332 municípios, para apresentação dos chamados planos operativos.

Ao final do Seminário, o gerente regional da Emater/RS-Ascar de Passo Fundo, Oriberto Adami, fez o lançamento regional da 3a AgroTecno Leite, que será realizada entre os dias 30 de setembro e 2 de outubro, no Centro de Eventos e nos Campos de Pesquisa da UPF. Da Emater/RS-Ascar, também participaram do lançamento do Programa o assistente técnico estadual em Silvicultura, Dirceu Slongo, e o coordenador do Comitê Técnico da Metade Norte, Ilvandro Barreto de Melo. O Programa é coordenado pela Emater/RS-Ascar, Embrapa Floresta (Colombo-PR), Sindimate, Sindimadeira, Ageflor e Famurs.


Informações
Assessoria de Imprensa da Emater/RS-Ascar
Jornalista Adriane Bertoglio Rodrigues
51-2125-3104/9918-6934
www.emater.tche.br