Emater de A a Z

Sobre a EMATER

Detalhe Noticía

Separador vertical Imprimir esta página Separador vertical Diminuir letra Aumentar letra
20/03/2014

Manejo e controle de carrapatos são temas de oficina em Santana do Livramento

Na última terça-feira (18/03), pecuaristas familiares e técnicos dos municípios de Manoel Viana, Rosário do Sul e Santana do Livramento participaram de oficina teórica e prática com o tema “Manejo e controle de carrapatos”. Pela manhã, o evento foi realizado no auditório da Universidade Federal do Pampa (Unipampa) e, à tarde, a oficina aconteceu no laboratório da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS), em Santana do Livramento.

Conforme o engenheiro agrônomo da Emater/RS-Ascar, Leonardo Alonso Guimarães, a necessidade de organização da oficina surgiu devido à preocupação com “o uso indiscriminado e pouco criterioso dos agrotóxicos carrapaticidas, o que tem acarretado resistência dos carrapatos aos princípios ativos comerciais”. Segundo Guimarães, estes fatores geram aumento dos custos da atividade pecuária e da contaminação humana e ambiental.

Pela manhã, a médica veterinária da Embrapa Pecuária Sul, Cláudia Gulias Gomes, apresentou a palestra “Controle do carrapato bovino: manejo da resistência e prevenção da ocorrência de resíduos químicos”, onde falou sobre os desafios e, também, deu orientações técnicas para melhorar o manejo e controle do carrapato. Na sequência, houve uma mesa redonda para debate.

À tarde, pecuaristas familiares, leiteiros e técnicos participaram da prática “Biologia do carrapato bovino e teste de sensibilidade aos acaricidas”, com a presença do médico veterinário da UERGS, Leonardo Menezes.

Na oportunidade, foi realizada a identificação visual das fases do crescimento dos carrapatos, diferenciação entre machos e fêmeas e visualização dos microrganismos responsáveis pela transmissão da Tristeza Parasitária. Além disso, foram dadas orientações para coleta dos carrapatos destinada ao exame biocarrapaticidograma, que tem como objetivo identificar a resistência de populações de carrapatos específicas aos carrapaticidas. O exame é realizado pela pesquisadora Cláudia, na sede da Embrapa Pecuária Sul, em Bagé.

O médico veterinário Alessandro Pelegrini Minho, especialista em endoparasitas, que acompanhou a oficina colocou-se à disposição para dar continuidade ao trabalho, focando, em outra oportunidade, a questão da verminose.

A oficina foi organizada pela Emater/RS-Ascar, através do projeto RS Biodiversidade, em parceria com o Arranjo Produtivo Local do Leite (APL do Leite), Embrapa Pecuária Sul, UERGS e Unipampa – Campus Santana do Livramento.

A 2ª Oficina Teórica e Prática sobre Manejo e Controle de Carrapatos será realizada em abril, com o tema “O uso da homeopatia e boas práticas de criação para o manejo e controle dos carrapatos”.

Assessoria de Imprensa Emater/RS-Ascar – Regional de Bagé
Jornalista Franceli Couto
fcouto@emater.tche.br
(53) 3242 3898
(53) 9956 5590

voltar                                                                                                                                                                                                                              todas notícias