Para otimizar sua experiência durante a navegação, fazemos uso de cookies. Ao continuar no site, consideramos que você está de acordo com nossa Política de cookies

Notícias

Detalhe Notícia

Separador vertical Imprimir esta página Separador vertical Diminuir letra Aumentar letra
25/11/2021

Produtores recebem capacitação para aplicação de herbicidas hormonais

Agricultores do município de Guaporé participaram, nas duas últimas quartas-feiras (17 e 24/11), de um curso sobre Boas Práticas Agrícolas em Tecnologia de Aplicação. A atividade foi promovida pela Emater/RS-Ascar, vinculada à Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), com o apoio do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural de Guaporé (Comderg).

O objetivo foi capacitar os agricultores na adoção de práticas adequadas para a correta aplicação de herbicidas hormonais e manejo dos equipamentos de pulverização. O curso teve duração de 16 horas, contou com atividades teóricas e práticas, no auditório da Casa da Cultura e na propriedade de Gabriel Bresolin, respectivamente, e foi ministrado pelos extensionistas rurais João Villa, Enio Todeschini e Tiago Figueredo.

Segundo eles, para fazer a aplicação de produtos nas lavouras os produtores devem considerar aspectos meteorológicos como temperatura, umidade relativa do ar e velocidade dos ventos e seus respectivos limites. Além disso, devem ser observados a máquina e os componentes de um pulverizador, como o manômetro (que controla a pressão da pulverização), mangueiras sem vazamento, rotação em velocidade adequada para a aplicação do produto, a altura de barra, espaçamento entre as pontas, a limpeza e conservação de filtros e outras questões que envolvem a regulagem do pulverizador e que devem estar funcionando de forma adequada.

Villa explica que para cada agrotóxico a ser pulverizado se recomenda selecionar o melhor tipo de ponta para que o volume de calda e o tamanho de gotas gerado sejam o mais adequado para que o produto atinja o alvo com a máxima eficiência e mínima deriva. "A intenção é reduzir os impactos ambientais e danos às culturas sensíveis, como no caso da fruticultura e dos hortigranjeiros, pois isso pode implicar em processos judiciais", ressalta.

O curso será obrigatório para todos os municípios a partir de 01/06/2022, para atender às instruções normativas que estabelecem regras de comercialização, uso e aplicação de herbicidas hormonais no RS. Com a capacitação, os produtores podem se cadastrar junto à Seapdr para a aplicação de herbicidas hormonais.

Assessoria de Imprensa Emater/RS-Ascar - Regional de Caxias do Sul
Jornalista Rejane Paludo
repal@emater.tche.br
(54) 9 99768863 / (54) 3223-5633
www.emater.tche.br
www.facebook.com/EmaterRS
https://twitter.com/EmaterRS
www.youtube.com/EmaterRS
Instagram: @EmaterRS
tv.emater.tche.br