Para otimizar sua experiência durante a navegação, fazemos uso de cookies. Ao continuar no site, consideramos que você está de acordo com nossa Política de cookies

Notícias

Detalhe Notícia

Separador vertical Imprimir esta página Separador vertical Diminuir letra Aumentar letra
10/09/2021

Expointer 2021 - Final do 2º Concurso Virtual de Artesanato em Lã Ovina premia vencedores

Com a participação de 29 artesãos de 22 municípios do RS, aconteceu na tarde desta sexta-feira (10/09) a Etapa Estadual do 2º Concurso Virtual de Artesanato em Lã Ovina do RS, transmitida de forma simultânea no Facebook e no canal do YouTube da Emater/RS-Ascar e que pode ser conferido e revisto no link https://www.youtube.com/watch?v=7EaCHrNP2CY. O evento integra a programação da Emater/RS-Ascar na 44ª Expointer, que encerra domingo (12/09) no Parque de Exposições Assis Brasil,em Esteio, e que apresenta uma vasta gama de artesanatos para comercialização no Pavilhão da Agricultura Familiar e Expoargs/FGTAS.

Concorreram 79 peças nas modalidades Tecelagem, Tricô, Crochê, Crochê Jacquard, Feltragem e Confecção de Acolchoados e Outras Técnicas e/ou Técnicas Mistas, "que desafiam os artesãos a exercitar suas habilidades, criatividade em peças inéditas", destaca a coordenadora de Artesanato pela Emater/RS-Ascar, Ivanir Agenta, ao explicar que os jurados receberam duas fotos de cada trabalho, um vídeo e a descrição textual da peça, categorizadas pela técnica em que foram elaboradas.

"O trabalho com o artesanato em lã faz parte da cadeia produtiva da Ovinocultura, da cultura e tradição do estado do RS, muito útil para os invernos frios e rigorosos no Pampa gaúcho", observou Ivanir, ao citar as oito regiões administrativas da Emater/RS-Ascar que participaram do Concurso: Bagé, Caxias do Sul, Lajeado, Pelotas, Porto Alegre, Santa Maria, Santa Rosa e Soledade.

Para o presidente da Emater/RS, Edmilson Pelizari, o rtesanato é uma importante atividade de geração de renda para as famílias rurais, unindo diversas etnias, culturas e estilos, com a utilização de uma diversidade de técnicas e matérias primas, transformando o "produto bruto" em peças com variadas funções: decorativa, vestuário, utilitária e utensílios. "Incentivar o artesanato, resgatar saberes, capacitar pessoas e qualificar a produção na busca da sustentabilidade tem sido uma atividade permanente da Emater durante sua história", disse Pelizari, na abertura do Concurso.

Mediados pela extensionista da Emater/RS-Ascar de Pinheiro Machado, Elizabeta Neitzke, os trabalhos em lã foram avaliados pelos jurados a extensionista social da Emater/RS-Ascar em Canguçu, Cléria Jacondino, o médico veterinário e diretor técnico da Associação Brasileira de Criadores De Ovinos Naturalmente Coloridos (ABConc), Eduardo Amato Bernard, a designer territorial Fernanda Sklovsky, a museóloga, gestora Cultural e pesquisadora do Patrimônio Cultural, Letícia de Cássia, e a coordenadora do Programa Gaúcho de Artesanato - PGA/FGTAS, Luciana Pes.

Foram vencedores os seguintes artesões nas categorias:

RUANA: Clair Schneider, Bagé;
PALA: Dalva Pereira Mothci, S.Miguel das Missões;
BLUSÂO: Mariza Dias da Rosa, Pinheiro Machado;
COLETE: Adriana Acosta Costa Ribeiro, Herval;
COLETE: Débora Lima, Jaguarão;
COLCHA: Dalva Pereira Mothci, S.Miguel das Missões;
RUANA: Débora Lima, Jaguarão;
COLETE: Elisabeth Maria Kudrna Cerro Branco;
BOLSA: Elisabeth Maria Kudrna, Cerro Branco;
ACOLCHOADO: Edelvani Blau Glier, Venâncio Aires;
MANTA: Dalva Pereira Mothci, S.Miguel das Missões.

Assessoria de Imprensa da Emater/RS-Ascar na Expointer
Carine Massierer e Taline Schneider
(51) 99997-8803 e (51) 99918-6934

Assessoria de Imprensa da Emater/RS-Ascar
Jornalista Adriane Bertoglio Rodrigues
51-99918-6934
www.emater.tche.br
www.facebook.com/EmaterRS
https://twitter.com/EmaterRS
www.youtube.com/EmaterRS
Instagram: @EmaterRS
tv.emater.tche.br