Notícias

Detalhe Notícia

Separador vertical Imprimir esta página Separador vertical Diminuir letra Aumentar letra
19/07/2019

Apicultura é tema de encontro em Canudos do Vale

A Emater/RS-Ascar e a secretaria de Agricultura de Canudos do Vale realizaram, na tarde de quinta-feira (18/07), no salão comunitário da Sede, o 1º Encontro de Apicultura do município. Na ocasião houve palestra com o engenheiro agrônomo aposentado da Emater/RS-Ascar, Paulo Conrad, que abordou temas relacionados à criação e ao manejo de abelhas com ferrão, tipos de caixas disponíveis e biologia das abelhas. Com vasta experiência no assunto, também reforçou a importância das abelhas para a polinização e de se garantir a sua manutenção para o equilíbrio dos ecossistemas.

Ainda que a apicultura seja uma atividade natural, com pouco controle do apicultor sobre os fatores de produção, Conrad destaca o fato de a atividade ser encarada com cada vez mais com mais profissionalismo. Ainda assim o agrônomo salienta o fato de o trabalho com abelhas estar diretamente ligado também a uma "paixão" particular dos agricultores, que procuram aliar sustentabilidade, manutenção dos ecossistemas e uma forma de garantir renda e qualidade de vida. "Muitas vezes essa é uma atividade prazerosa, em que é percebido também o valor intrínseco relativo a promoção da biodiversidade na terra", pondera Conrad.

Em Canudos do Vale são 46 agricultores que trabalham com apicultura e a intenção deste primeiro encontro, de acordo com a extensionista da Emater/RS-Ascar Graziela Petry, é a de sensibilizar este público. "A ideia é trabalhar de forma conjunta, com vistas a fortalecer esse grupo que, mais adiante, pode ter potencial para se tornar uma Associação", avalia. Graziela explica que muitos produtores não fazem o manejo adequado, sendo importante esse tipo de qualificação. "Na próxima reunião deveremos trabalhar o manejo de primavera, com limpeza dos favos, substituição e colocação de lâminas, entre outros", afirma.

Para o apicultor Enoir Winter, da sede, as capacitações têm importância, pois, muitas vezes, cuidados básicos relacionados à higiene, são ignorados por quem está na atividade. Com 400 caixas de abelhas espalhadas por diversas propriedades e mais de 30 anos de experiência na área Enoir, ao lado da esposa Lisemara, começaram a trabalhar com produção de mel de forma mais profissional há cerca de 15 anos. Atualmente, as caixas por eles mantidas podem, juntas, render mais de uma tonelada de mel por safra, com colocação garantida em uma agroindústria local.

Assessoria de Imprensa da Emater/RS-Ascar - Regional Lajeado
Jornalista Tiago Bald
(51) 99194-8872
www.emater.tche.br
www.facebook.com/EmaterRS
https://twitter.com/EmaterRS
www.youtube.com/EmaterRS
Instagram: @ematerrsoficial
tv.emater.tche.br