Notícias

Detalhe Notícia

Separador vertical Imprimir esta página Separador vertical Diminuir letra Aumentar letra
19/07/2019

Emater/RS-Ascar orienta cultivos para estudantes e indígenas de Estrela Velha

A produção de húmus para adubar a horta e a estufa da Escola 25 de Julho, em Estrela Velha, e a produção de travesseiros medicinais foram abordados pelos extensionistas rurais da Emater/RS-Ascar para 30 alunos do 6º ano do educandário, na manhã da última terça-feira (16/07). As atividades integram as ações do Projeto Mãos à Horta, desenvolvido pela Instituição junto aos alunos e professores da escola.

Para tanto, o técnico em agropecuária da Emater/RS-Ascar, Fernando Redin, realizou a construção de um minhocário, com minhocas da Califórnianas. "Ela transformam restos orgânicos em húmus, um adubo considerado mais concentrado em sua fertilidade do que o esterco animal, que possibilitará a produção de verduras mais saudáveis para a alimentação dos estudantes", enfatiza Redin.

Em seguida, a extensionista Rural Social da Emater/RS-Ascar, Giana Redin, realizou a confecção de travesseiros medicinais com Macela, Camomila, Cidreira, Hortelã, Eucalipto cheiroso, Poejo, Cidró cheiroso, plantas reconhecidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e utilizadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS). "Os travesseiros medicinais são um resgate de chás e fazem com que se reduza o uso de medicamentos e trazem benefícios a saúde. Os alunos têm contato desde pequenos na horta escolar e podem desenvolver em casa os aprendizados cultivando chás e aprendendo a importância dos mesmos", frisa Giana.

O Projeto Mãos à Horta visa promover a educação em saúde, oportunizando uma reflexão sobre os hábitos de vida, as escolhas comportamentais e os cuidados básicos de saúde, conhecendo e identificando as plantas e as utilizando de forma correta e segura e também a utilização de adubos orgânicos.

No período da tarde, os extensionistas auxiliaram na construção da horta comunitária na Aldeia Indígena Flor da Mata, em Linha Somavilla, onde residem 29 indígenas. No local, foram cultivados mudas de repolho, repolho roxo e beterraba oriundas do Horto Comunitário de Estrela Velha. A atividade integra as ações do Plano Socioassistencial desenvolvido pela Emater/RS-Ascar. "Também está prevista a poda de árvores frutíferas e uma caminhada ecológica para conhecer os chás indígenas em trilhas que ficam na aldeia", conclui Giana.

Foto: Fernando Redin
Assessoria de Imprensa Emater/RS-Ascar - Regional de Soledade
Jornalista Carina Venzo Cavalheiro
cvenzo@emater.tche.br
(54) 3381-3804 / (54) 9 9623-3388

www.emater.tche.br
www.facebook.com/EmaterRS
https://twitter.com/EmaterRS
www.youtube.com/EmaterRS
Instagram: @ematerrsoficial
tv.emater.tche.br