Notícias

Detalhe Notícia

Separador vertical Imprimir esta página Separador vertical Diminuir letra Aumentar letra
16/05/2018

Com ajuda do programa de Gestão família de Pejuçara revoluciona propriedade

Com a ajuda do Programa de Gestão Sustentável na Agricultura Familiar, do Governo do Estado, agricultores de Pejuçara, no Noroeste gaúcho, mudam a compreensão da realidade e o modo de trabalhar. Os detalhes dessa evolução foram apresentados durante um dia de campo, realizado no dia 11 de maio. O evento foi promovido pela Emater/RS-Ascar, executora do Programa de Gestão no Rio Grande do Sul, com apoio da Prefeitura de Pejuçara, Cotripal e CCGL.

"Teve muita diferença, desde 2016 pra cá. A gente vai melhorando aos poucos, vai fazendo bem feito. O pessoal da Emater vem aqui, dá assistência, fala pra nós coisas que podem ser feitas", disse a agricultora Maria Helena de Pellegrin.

Loiva Mittelstaedt, uma das extensionistas da Emater/RS-Ascar que acompanha e orienta o trabalho da família Pellegrin, ressalta que o Gestão transformou a ideia que os agricultores faziam da propriedade. "Antes eles tinham os alimentos para o consumo, agora eles olham de uma maneira diferente, num sentido comercial, que pode melhorar a renda", disse Loiva.

Antes do Gestão, uma parte das nozes produzidas pelo pé de nogueira do quintal se perdia pelo chão. "Agora, vendemos mais ou menos uns 200 quilos", comemorou Arlindo Pellegrin. As galinhas que perambulavam soltas pela propriedade, passaram a transitar em piquetes, ganharam novo cardápio alimentar e um galinheiro reformado com telas e poleiros confortáveis. A produção de ovos aumentou e a venda do excedente gera lucro para a família. As reformas também alcançaram a produção de leite.

"A Carolina (Oberto), da Emater, sugeriu pro meu filho fazer um curso de Inseminação em Bovinos, em Montenegro", contou Maria Helena. “Depois desse curso, já nasceram três terneiros e temos várias vacas emprenhadas", completou Maria.

O curso de Inseminação Artificial em Bovinos, concluído pelo jovem Alexandre Pellegrin, no Centro de Treinamento de Montenegro (Cetam), resolveu um grande problema. "Às vezes, as vacas entravam em cio no fim de semana, aí ficava difícil trazer um profissional da cidade para fazer a inseminação, no sábado ou no domingo", explicou o extensionista da Emater/RS-Ascar, Leandro Vieira dos Santos.

Enxergar valor por trás do trabalho e de praticamente todos os alimentos que produzem é uma descoberta recente na vida da família Pellegrin. E, na medida em que vão saindo mais produtos, vai entrando mais dinheiro. Esse jogo de vai e volta tem implicação direta na renda. "Ah! Melhorou muito", disse Maria Helena Pellegrin.

O gerente regional da Emater/RS-Ascar de Ijuí, Carlos Turra, que estava presente no dia de campo, reforçou a ideia. "A geração de renda passa pela produção de alimentos", disse Turra.

O secretário municipal de Agricultura e Meio Ambiente, Irineu Pereira da Costa, que representava o prefeito Eduardo Buzzatti, acompanhou todas as estações do dia de campo e considerou o evento extremamente importante para o município.

Entenda o Programa de Gestão
O Programa de Gestão Sustentável na Agricultura Familiar foi criado em 2016 e está sob a coordenação da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR). O Programa é executado pela Emater/RS-Ascar. A meta do governo do Estado é aumentar em, pelo menos, 20% a renda das famílias que aderirem ao Programa.

A grande novidade, para a maioria dos agricultores, tem sido o diagnóstico. Por meio do diagnóstico, eles passam a enxergar com clareza os pontos críticos, que devem ser corrigidos, e os pontos fortes, que merecem ganhar força renovada. Todas as decisões tomadas pela família, a partir desse diagnóstico, são anotadas no Plano Anual de Gestão, uma espécie de bússola que serve para orientar os passos da família. "São passos. A família tem potencial e sonhos e nós queremos contribuir com esses sonhos”, resumiu a extensionista Loiva.
Também estavam presentes no dia de campo o gerente adjunto da Emater/RS-Ascar da região de Ijuí, Vito Cembranel, e a supervisora da microrregião de Ijuí, Márcia Barboza Breitenbach.

Assessoria de Imprensa da Emater/RS-Ascar – Regional Ijuí
Jornalista Cleuza Noal Brutti
(55) 9 9976 8547
cbrutti@emater.tche.br

www.facebook.com/EmaterRS
https://twitter.com/EmaterRS
www.youtube.com/EmaterRS
tv.emater.tche.br