Notícias

Detalhe Notícia

Separador vertical Imprimir esta página Separador vertical Diminuir letra Aumentar letra
14/11/2017

Presidente da Emater/RS visita agroindústria Tacho Doce em São Pedro do Sul

O presidente da Emater/RS, Clair Kuhn, visitou a agroindústria Tacho Doce, na localidade de Passo da Taquara, município de São Pedro do Sul, na última sexta-feira (10/11). A visita foi acompanhada pelos gerentes do escritório da Emater/RS-Ascar Regional de Santa Maria, Regina Hernandes e Renato Cadó, como também de extensionistas da Emater/RS-Ascar e de dirigentes e lideranças do setor no município. Em São Pedro do Sul, que possui um total de 19 agroindústrias ativas, Kuhn conheceu a produção de melado, açúcar mascavo e amendoim da agroindústria pertencente aos agricultores Ildo Ivan Ebling e Jucelia da Silva Ebling.

Ao conhecer a história deste casal, que viu no campo uma oportunidade para melhorar a qualidade de vida, o presidente afirmou que as agroindústrias são uma importante ferramenta de transformação da sociedade. "O exemplo deste casal, que morava na cidade e não se sentia bem remunerado, que precisou voltar para o interior, que foram desafiados pelo abandono da propriedade, mas enxergaram na agroindústria uma oportunidade de trabalho, hoje estão felizes com uma agroindústria muito bem estruturada e, certamente, recebendo uma remuneração digna".

Kuhn aposta nas agroindústrias como uma forma de fortalecimento das propriedades agrícolas e de fomento da economia de municípios predominantemente rurais. Para o presidente, a economia dos municípios é gerada pelos cidadãos que nele estão. "Quando os munícipes ficam no meio rural, com uma atividade agrícola rentável e remunerada dignamente, compram os insumos para a produção na própria cidade. Assim, a cadeia curta da economia gira em torno do local, porque a família compra dentro do município e também vende para o município. Então, as agroindústrias são muito importantes porque fomentam a economia, fazem com que o dinheiro gire no local e ainda geram impostos para o município".

A Emater/RS-Ascar se mostra como uma importante Instituição de auxílio aos produtores que desejam abrir uma agroindústria. O presidente Kuhn reafirmou que "através dos cursos e treinamentos, os técnicos da Emater qualificam a produção que já era realizada com base nos conhecimentos passados de geração em geração. Assim, com esta qualificação, a família tem a oportunidade de abrir uma agroindústria e agregar renda ao produto; ela pode comercializar produtos coloniais com alto sabor e ainda garantir os preceitos de higiene e qualidade reservados na produção".

Agroindústrias

O assistente técnico da Organização Econômica do Escritório Regional da Emater/RS-Ascar de Santa Maria, engenheiro agrônomo Eduardo Rigon Gelain, explica que a Instituição é responsável por realizar um levantamento sobre a demanda de agricultores que querem legalizar suas agroindústrias e fazer parte do Programa Estadual de Agroindústrias Familiares (Peaf), da Secretaria Estadual do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR). Ele conta que, a partir do cadastramento no Programa, existe a possibilidade de o agricultor receber cursos, assistência efetiva da Emater/RS-Ascar, auxílio na elaboração de rótulos, tabelas nutricionais e, até mesmo, de projetos arquitetônicos para encaminhamento da agroindústria. "Acompanhamos o empreendimento até o momento da legalização e da utilização do Selo Sabor Gaúcho, o qual garante que o empreendimento é da agricultura familiar e que está em dia com a legalização fiscal, tributária e ambiental".

O extensionista rural do escritório municipal da Emater/RS-Ascar de São Pedro do Sul, Ademar Antônio Franchi, conta que o município possui um total de dezenove agroindústrias ativas comercialmente; onze delas já estão cadastradas no Peaf, duas possuem o Selo Sabor Gaúcho, da SDR, seis estão em processo de regularização e cinco participam do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae).

A agricultora Jucelia da Silva Ebling, proprietária da agroindústria Tacho Doce, trabalha com a produção de melado batido, melado fino, açúcar mascavo e rapadura de melado com amendoim. Ela considera que a relação entre a Emater/RS-Ascar e as agroindústrias é de um trabalho conjunto. Ela conta que, no início do empreendimento, o casal teve dificuldades em realizar a produção de forma correta, e a ajuda recebida pelos extensionistas da Emater/RS-Ascar foi essencial para o deslanche do negócio. "No início não estávamos conseguindo acertar o ponto do melado, então o pessoal da Emater veio aqui e nos ajudou a acertar o ponto e produzir como tinha que ser."

Cenário

De acordo Gelain, os principais produtos derivados das agroindústrias na região Central do Estado são os queijos e salames, panificados como cucas, pães, bolachas e biscoitos, geleias, doces, sucos e bebidas, açúcar mascavo e, ainda, mandiocas descascadas e embaladas. Ele explica que na região administrativa da Emater/RS-Ascar de Santa Maria, integrada por 35 municípios, existem 222 agroindústrias cadastradas, sendo que 67 já estão legalizadas e usando o selo Sabor Gaúcho. No Rio Grande do Sul, há 2.967 agroindústrias cadastradas e 1.066 legalizadas, conforme dados de agosto deste ano.

Entretanto, Gelain explica que o número de agroindústrias existentes no Estado é ainda muito maior: "Para cada agroindústria cadastrada no Programa, sabemos que há mais cerca de dez que não estão cadastradas; esta informalidade acontece, principalmente, porque os custos para a regularização são elevados, já que a legislação que hoje é cobrada foi pensada tendo em vista os empreendimentos de grande porte". Ele aponta ainda que, em relação à comercialização dos produtos, a informalidade pode se mostrar como um problema, porque o mercado formal restringe o acesso aos produtos informais.

A produtora Jucelia afirma que a legalização foi satisfatória para a agroindústria: "Com a legalização, o teu produto vai estar na prateleira do mercado, vai estar identificado, com o rótulo, com a procedência, o número do teu telefone; só temos a crescer no comércio porque o empreendimento está legalizado".


Assessoria de Imprensa da Emater/RS-Ascar " Regional Santa Maria
Jornalista Helena Boucinha
hboucinha@emater.tche.br
Estagiária Claudine Friedrich
Estagiário Vicente Camillo
(55) 3222-4011
(55) 99935-2636

www.facebook.com/EmaterRS
https://twitter.com/EmaterRs
www.youtube.com/EmaterRS
tv.emater.tche.br