Notícias

Detalhe Notícia

Separador vertical Imprimir esta página Separador vertical Diminuir letra Aumentar letra
16/10/2017

400 pessoas participam de Seminário de Plantas Bioativas e Homeopatia em Passo Fundo

Nem a forte chuva atrapalhou a realização do 2º Seminário Regional de Plantas Bioativas e Homeopatia Popular, realizado nesta quarta-feira (11/10) em Passo Fundo. Cerca de 400 pessoas lotaram o auditório da Faculdade de Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis da Universidade de Passo Fundo (UPF). O evento contou com palestras, apresentação de cases, exposição-feira de produtos à base de plantas medicinais e homeopatia, além de um espaço para troca de mudas de plantas e sementes crioulas.

Na parte da manhã, foram feitas duas palestras e apresentação de case. O médico homeopata Alexandre Mendonça falou sobre homeopatia na propriedade rural, abordando sobre os princípios da homeopatia, prática que tem grande importância na redução dos custos de produção. "Além de reduzir os custos de produção, a homeopatia permite melhorar a qualidade de vida e fornecer alimentos de qualidade para o consumidor, livre de resíduos químicos e de agrotóxicos", ressaltou. Ele também citou e esclareceu alguns preconceitos e mitos comuns quando o assunto é homeopatia, como a demora para a cura, a necessidade de crença para o funcionamento e a forma do preparo do medicamento. Na oportunidade, também foi apresentada uma produção de morangos feita com uso de homeopatia no município de Ronda Alta.

Outra palestra foi feita pelo médico veterinário Adriano Echevarne, da Curantur, que falou sobre a utilização de homeopatia em animais. Na parte da tarde, a engenheira agrônoma e professora do curso de Agronomia da UPF, Cláudia Petry, juntamente com as extensionistas da Emater/RS-Ascar, Lisiana Ramos e Terezinha Fusiger, palestraram sobre identificação de plantas medicinais.

Após, um painel, moderado pela assistente técnica regional da Emater/RS-Ascar, Doriana Miotto, demostrou a transversalidade das plantas bioativas. Estiveram presentes no painel o cacique da Terra Indígena do Carreteiro, do município de Água Santa, Valdir dos Santos, o psicólogo e educador popular em saúde, Paulo Cesar dos Santos Braga, a professora do curso de Farmácia da UPF, farmacêutica homeopata e mestre em envelhecimento humano, Mariza Cervi, e a professora de saúde coletiva do curso de Medicina e coordenadora da residência multiprofissional em saúde da família da Universidade Federal Fronteira Sul, Vanderleia Laodete Pulga. "Quando pensamos nesse painel, buscamos trazer diferentes visões e os mais diferentes conhecimentos sobre as plantas", disse.

Para o gerente regional da Emater/RS-Ascar de Passo Fundo, Oriberto Adami, “um grande evento como este vem coroar um trabalho que vem sendo feito no campo”, e avaliou que “temos trabalhado o social e o econômico juntos. Esse é mais um grande evento de resgate cultural e de saúde pública”. Na mesma linha de pensamento, o coordenador regional da 6ª Coordenadoria Regional da Saúde, Vanderlei Ramos do Amaral, parabenizou pelo evento, que promoveu a troca de experiências, aproximou o poder público e primou pela prevenção de saúde pública. Pela UPF, a professora e coordenadora do Centro de Ciências e Tecnologias Ambientais, Elizabeth Foschiera, representou a vice-reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários e valorizou o evento como um espaço de discussão para a transformação da realidade. “Não deixem morrer a esperança de um mundo melhor”, frisou.

Para a agricultora e presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais do município de Ciríaco, Salete Meirelles, todos os temas abordados foram muito importantes. “Esses conhecimentos, científico e popular, devem ser repassados em todos os municípios, para escolares, agricultores e lideranças, para que se fortaleça a qualidade de vida e a valorização da biodiversidade”, falou.

O 2º Seminário Regional de Plantas Bioativas e Homeopatia Popular foi realizado pela Emater/RS-Ascar, Governo do Estado por meio das secretarias de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo, da Saúde e da Educação, UPF, Prefeitura de Passo Fundo, Itaipu Binacional, ONG Bem a Bá, Pastoral da Saúde, Associação Brasileira de Homeopatia Popular, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Coopassul, Cresol, Cotrijal, ICMBio, Universidade Federal Fronteira Sul, Curantur e Grupo Ecológico Sentinela dos Pampas (Gesp).

Roda de conversa entre gestores
Paralelo à programação do Seminário, prefeitos, secretários municipais de saúde, enfermeiros, agentes de saúde e extensionistas, entre outros representantes, participaram de uma roda de conversa sobre a inclusão e o uso de fitoterápicos, disponibilizados pelo Sistema Único de Saúde e amparados pela Política Nacional de Plantas Medicinais. A reunião foi coordenada pela farmacêutica bioquímica e coordenadora da Assistência Farmacêutica do município de Passo Fundo, Débora Taufer. O município de Passo Fundo, desde 2013, tem as Práticas Integrativas inseridas na Farmácia Pública.

Exposição-feira
Na parte externa do auditório, uma rica troca de informações e conhecimentos e a geração de renda também foram destaques, com diversas inciativas à disposição dos participantes. Brigadeiros, artesanato, alimentos, tudo à base de plantas bioativas, além de um espaço para troca de mudas de plantas e sementes crioulas fizeram sucesso entre o público.

Assessoria de Imprensa Emater/RS-Ascar - Regional de Passo Fundo
Jornalista Vanessa Almeida de Moraes
(54) 3311-5066
(54) 9 9976-8862
www.facebook.com/EmaterRS
http://twitter.com/EmaterRS
www.youtube.com/EmaterRS
tv.emater.tche.br