Emater de A a Z

Expoagro Afubra

EXPOAGRO AFUBRA 2019

Separador vertical Imprimir esta página Separador vertical Diminuir letra Aumentar letra

Espaço Casa da Emater/RS

A Expoagro Afubra está em sua 19ª edição, e conta com a participação da Emater desde o início. Realizada em Rincão del Rey, no município de Rio Pardo, nos dias 26 a 28 de março de 2019, o Espaço Casa da Emater na Expoagro Afubra 2019 irá contar com 20 parcelas temáticas, todas preparadas para difundir ideias práticas de diversificação aos produtores rurais

Agroindústria Familiar

Coordenador do espaço: Olívio Faccin
• Estará presente no Pavilhão da Agroindústria Familiar, no espaço institucional, em um espaço junto a Casa da Emater e na parcela de cana-de-açúcar, em parceria com a EMBRAPA.

• Trabalhará a importância, principalmente ao jovem, da agroindústria familiar, como uma atividade geradora de renda e fixadora da mão de obra no campo;

• Disponibilizará informações sobre a legalização de agroindústrias, em um espaço junto a Casa da Emater.

Apicultura

Coordenador do espaço: Sanderlei Pereira
O espaço irá focar nos produtos das abelhas: “mel, pólen, geleia real e própolis” suas propriedades, forma de consumo e irá expor os 24 meliponídeos autorizados pela portaria de SEMA para ser criado no RS, nas suas caixas recomendadas para cada espécie, sendo 8 delas com pinturas usadas na Eslovênia.

Jardinagem

Coordenador do espaço: João Antônio Leal
Em parceria com a UFSM, será apresentado a produção de gladíolo, com algumas oficinas diárias de técnicas ligadas a jardinagem.

Avicultura Colonial

• Alternativas no manejo produtivo das aves;

• Alimentos alternativos para produção de carne e ovos;

Artesanato Rural

Coordenador do espaço: Marinês Rosali Bock
• Exposição e comercialização de artesanatos rurais;

• Artesanato Rural - A parcela do artesanato visa mostrar o artesanato rural, resgate cultural e reciclagem produzido pelos agricultores familiares do Vale do Rio Pardo, também oportunizar um espaço para comercialização destes produtos gerando renda as propriedades.

Turismo Rural

Coordenador do espaço: Marinês Rosali Bock
– Relato de Experiência de Caminhada na natureza, atividade que está sendo utilizada pela EMATER como ferramenta de extensão rural visando a aproximação do público urbano ao meio rural, promovendo a inclusão das famílias rurais na realização das caminhadas com o objetivo de fornecer alimentos de qualidade para degustação e venda aos participantes. Será mostrada a experiência com caminhadas da região Centro Serra.

Bovinocultura de Leite

Coordenador do espaço: Anderson Mateus da Silva
- A parcela de Bovinocultura Leiteira irá abordar os temas Planejamento Forrageiro, Qualidade do Leite e Bem Estar animal. No planejamento Forrageiro, serão apresentados os resultados de adubação e a não adubação de uma pastagem em relação à produção de Matéria Seca/ha. Na qualidade do leite, serão feitas oficinas diárias sobre manejo da sala de ordenha, como por exemplo, regulagem de pulsadores, regulagem de ordenhadeira, limpeza dos tetos da vaca, processo de limpeza dos equipamentos de ordenha, etc. Em bem estar animal, vamos abordar o tema sombra e o quanto a mesma em relação ao bem estar animal influenciam na produção e leite.

Cozinha Didática

Coordenador do espaço: Marly Todentte
TEMA: A SAÚDE E SUA RELAÇÃO COM A ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL.
A Parcela da cozinha didática da Expoagro Afubra 2019 tem o objetivo de sensibilizar e orientar os visitantes da feira quanto à importância da alimentação saudável na prevenção e controle das doenças crônicas não transmissíveis, presente cada vez mais nos dias de hoje.

Com este intuito, a produção de alimentos em casa também terá destaque, uma vez que eles são fundamentais para a construção do hábito alimentar consciente e saudável.

Para a parte prática, serão apresentadas receitas nutritivas, com alimentos oriundos das propriedades rurais e de fácil acesso, com menor índice e carga glicêmica, para que possam ser utilizadas principalmente para controle e prevenção do diabetes.

No ano de 2019, a cozinha traz uma nova proposta, onde se estenderá para a parte externa da casa. Neste espaço, o cuidado e o alerta para com a alimentação estarão presentes de forma didática e concreta, estimulando o visitante a questionar seus hábitos alimentares e a perceber como uma alimentação pobre em nutrientes e rica em açúcar pode ser prejudicial à saúde. Para isto, as extensionistas estarão presentes conversando e tirando dúvidas sobre uma alimentação equilibrada e nutritiva, e fazendo a aferição das medidas de circunferência abdominal, com o propósito de alertar o público para a adoção de hábitos saudáveis para uma melhor qualidade de vida.

Fruticultura

Coordenador do espaço: Rudinei Medeiros Pinheiro
A parcela da fruticultura abordará a produção de frutas como uma alternativa sustentável para diversificação de renda e produção de alimentos saudáveis para o consumo familiar. Será feita uma abordagem de todo o sistema de produção, desde os cuidados com o solo, plantas de cobertura para adubação verde, adubação orgânica e química, Manejo Integrado para tomada de decisões de controle de pragas e doenças, até o manejo da poda e raleio de frutos. Também serão abordados os Sistemas Agroflorestais para a produção de frutas.

Pecuária Familiar

Coordenador do espaço: José Bonifácio Gomes Neto
A parcela de Pecuária Familiar, em 2019, tem como tema principal a integração da ovinocultura com a fruticultura e bovinocultura de corte. Faremos dinâmicas com os ovinos e bovinos, valorizando a diversificação com a fruticultura (Nogueira Pecã e Maracujá) e também com dinâmicas de ovinocultura relativas a manejo sanitário, produção e mercado de lã com foco na gestão da atividade.

Processamento de Carnes

Coordenador do espaço: Carlos Corrêa da Rosa
- A parcela possui como tema a “Gastronomia e segurança alimentar na agricultura familiar” irá apresentar ao público participante das oficinas o manejo do pré abate, importância dessa prática para qualidade da carcaça.

- Serão utilizadas carcaças de carne ovina, suína e bovina tendo em vista que é a base do fornecimento de proteína animal para maioria das famílias rurais.

- Serão realizadas oficinas de cortes e aproveitamento da carcaça com a produção de pratos para degustação do público participantes sem horários pré-definidos.

Piscicultura

Coordenador do espaço: Adriano Dreher
A unidade de piscicultura da EMATER RS ASCAR durante a EXPOAGRO AFUBRA 2019, apresentará diariamente aos visitantes, demonstrações práticas de avaliação da qualidade da água (cor, transparência, temperatura e Ph) orientações de adubação e correção da água, lotação e introdução de alevinos nos viveiros, técnicas de abate, processamento, culinária, criação intensiva de tilápias e carpas húngaras, manejos na despesca, defumação, transporte e alimentação dos peixes.

O público poderá conferir ainda oficinas de processamento de pescado, com orientações sobre abate, escamação, defumação, evisceração, cortes, e receitas à base de pescado com degustações dos pratos apresentados. Diariamente as 15:30 horas será apresentado o manejo racional de despesca, com ênfase em redes de piscicultura, equipamentos, realização do arrasto e identificação de espécies.

Saneamento Ambiental

Coordenador do espaço: Ana Claudia Miotto
A maquete de 2mx2m apresenta um modelo de propriedade rural sustentável abordando a conservação do solo e da água. As construções presentes são a casa cujo pátio possui ajardinamento, com tratamento dos esgotos através de sistema de fossa, filtro e sumidouro, galpão, forno de estufa, caixa d’agua, plantações com sistema de cultivo em nível, criação de gado, aves e suínos com esterqueira, horta doméstica, preservação da mata ciliar e proteção de nascentes, cisterna e compostagem.

Além da maquete, são apresentadas a proteção de nascentes, o clorador e a cisterna.

A proteção de nascentes e o uso de cloradores tem o objetivo de eliminar os agentes contaminantes externos, sejam eles biológicos, químicos e/ou físicos, proporcionando o abastecimento de água potável para aqueles que não possuem redes de abastecimento em suas residências rurais.

Ainda, o aproveitamento das águas da chuva através da sua captação e armazenamento em uma cisterna possibilita a redução no consumo de água potável na propriedade e contribui para o meio ambiente, além de fornecer água em períodos de estiagem.

Secagem e Armazenagem

Coordenador do espaço: Josemar Parise
Demonstrar processos construtivos de silo secador com ar natural e com trocador de calor;

Manejo da secagem de grãos;

Manejo de grãos armazenados;

Máquinas de pré-limpeza e padronizador de sementes;

Segurança Alimentar

Coordenador do espaço: Marcelo Cassol
Na parcela de Segurança e soberania Alimentar serão abordados os seguintes temas:

- Sistema de plantio direto de hortaliças (SPDH)

- Composteira laminar

- Minhocario

- Clinica Fitossanitária

- Plantas bioativas

- PANC’s

- Irrigação (tenda com materiais de irrigação) – não confirmado ainda

- Estufa com morangos

- plantio de olerícolas na estufa

Solos

Coordenador do espaço: Vagner Moro
A abordagem se dará de forma prática e didática através de duas estações dentro da parcela:

1. Nesta estação será possível observar o comportamento do sistema radicular das plantas gramíneas e leguminosas (através de um vidro). O visitante poderá observar o comportamento do sistema radicular do milho, da soja, do feijão, da crotalária, do milheto, do capim sudão e da mucuna, em duas condições de adensamento do solo; um solo em estado natural de compactação; e um solo sem condição de compactação ou condições ideais. Será possível analisar o comportamento das culturas levando em consideração o desenvolvimento das plantas, a área radicular explorada pela cultura em uma condição de estresse hídrico, por exemplo, e isso tudo relacionando com a produtividade da lavoura e aumento de renda da propriedade. Também será abordada a exposição de raízes com 08 espécies (gramíneas e leguminosas), exposição da microfauna e galerias no interior do solo (biologia do solo); Fazer uma verificação da condição física do solo e a importância da utilização de plantas de cobertura e recuperadoras do solo em termos de melhoria da qualidade do solo.

2. Nesta estação será abordada a importância do equilíbrio químico da fertilidade do solo para o desenvolvimento das culturas. Serão demonstradas as técnicas de coleta de solo para analise química e física e a importância de se fazer uma coleta de solo de forma correta. Os visitantes poderão observar a diferença das culturas de milho e feijão cultivados em vasos de 20 L com três tratamentos:

A. Solo testemunha adubado conforme recomendação (altos teores de Al no solo e sem calcário)

B. Solo adubado conforme recomendação com ¼ da dose de calcário recomendado

C. Solo adubado conforme recomendação com dose cheia de calcário recomendado

E através desse experimento, demostrar aos visitantes os benefícios da calagem como elevar o pH do solo, eliminar o efeito tóxico do alumínio, do manganês e do ferro para as plantas, aumentar a disponibilidade dos nutrientes para as plantas como fósforo, potássio, cálcio, magnésio, enxofre, boro e molibdênio, além de aumentar a atividade microbiana e a liberação dos nutrientes pela mineralização da matéria orgânica do solo e o que tudo isso representa em termos de produtividade das lavouras e aumento de renda nas propriedades.

Trincheira com exposição do sistema radicular, para análise de comportamento em solo compactado e não compactado.

Cooperativismo

Coordenador do espaço: Anderson Junqueira
Mostra dos produtos das cooperativas regionais e orientações sobre Cooperativismo e Associativismo;

Tecnologias Digitais para a Agricultura Familiar

Coordenador do espaço: Alan Portela Lamaison
• Serão apresentados aplicativos e sistemas digitais voltados a Agricultura Familiar, que auxiliam na produção de comercialização.