Emater de A a Z

Área Técnica

Gestão Agrícola

Separador vertical Imprimir esta página Separador vertical Diminuir letra Aumentar letra

Administrar é prever, organizar, coordenar e controlar. O gerenciamento da propriedade rural é uma das ferramentas mais importantes e indispensáveis da propriedade como um todo. Na administração rural, também são importantes o planejamento, a organização, a direção e o controle. Com as informações em mãos, é possível tomar a decisão correta com base nos objetivos esperados. A GESTÃO AGRÍCOLA é a procura da melhor combinação possível entre as atividades e os meios de produção, de maneira a obter produção máxima e/ou renda máxima quando desejável. O papel do técnico é, juntamente com o agricultor, analisar os resultados e escolher o melhor caminho.

A atividade agropecuária apresenta elevado risco. Esses estão relacionados com as condições meteorológicas, além daquelas relacionadas com a comercialização dos produtos, acesso ao crédito, entre outros. As decisões fazem funcionar e evoluir a unidade de produção agrícola. O agricultor é levado a tomar e implementar uma séria de decisões em níveis e escalas de tempo diferentes. Essas decisões dizem respeito aos processos produtivos, realização de investimentos e de utilização de recursos.

Segundo Lima et.al. (2001), a UNIDADE DE PRODUÇÃO É UM SISTEMA ABERTO que mantém relações com o meio ambiente físico, socioeconômico, cultural e que retém deste conjunto, incluindo a unidade de produção, os elementos que determinam o funcionamento do sistema. A abordagem adotada para trabalhar a agricultura familiar deve ser sistêmica. Em nível regional contempla os sistemas agrários; a unidade de produção contempla os sistemas de produção que são formados por sistemas de cultivos e criações.

Para maiores detalhes ver: Análise Diagnóstica de Sistemas Agrários - Guia Metodológico. Utilizado, desde 1995, pelo Projeto de Cooperação Técnica firmado entre FAO e Incra.

Responsáveis pelas Informações

Célio Alberto Colle