Emater de A a Z

Área Técnica

Crédito Rural

Separador vertical Imprimir esta página Separador vertical Diminuir letra Aumentar letra
Crédito Rural

A agricultura familiar desempenha papel fundamental para o crescimento da economia e da melhoria das condições de vida do povo brasileiro. Segundo dados do Censo Agropecuário de 2006, 84,4% do total dos estabelecimentos agropecuários brasileiros pertencem a grupos familiares. São aproximadamente 4,4 milhões de estabelecimentos respondendo por 35% do produto interno bruto nacional e pela maior parte da produção de alimentos básicos do país, como mandioca (87%), feijão (70%), arroz (34%), milho (46%), trigo (21%), leite (60%), carne de suínos (59%), carne de aves (50%), contribuindo também para o balanço positivo das exportações, com a produção de carnes (especialmente frango e suínos), fumo, soja e café para o mercado externo.

Políticas de crédito rural vêm contribuindo para esse quadro, como o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), criado em junho de 1996, que tem como objetivo promover o Desenvolvimento Sustentável da Agricultura Familiar.

Ao longo da sua existência, além do financiamento da produção (custeio e comercialização) e de investimentos produtivos, o Pronaf foi viabilizando outras linhas de financiamento voltadas à promoção da sustentabilidade e à geração de renda dos empreendimentos, como o Pronaf Mulher, o Pronaf Jovem, o Pronaf Agroindústria, o Pronaf Eco, o Pronaf Floresta, o Pronaf Agroecologia e outras linhas.

Do total de recursos aplicados no Pronaf em todo o país, o Rio Grande do Sul é responsável por 20% dos recursos e 15% dos contratos, o que demonstra a importância do crédito rural para a agricultura gaúcha.

Para a extensão rural, especialmente para a Emater/RS-Ascar, o crédito rural sempre foi um importante e interessante instrumento de apoio às ações extensionistas junto às famílias assistidas, pois contribui de forma efetiva para a formação de infraestrutura produtiva, para o aumento da produção, produtividade e renda e para a melhoria das condições de vida das famílias rurais, estando assim em acordo com sua Missão institucional.

Desde a criação do Pronaf, em 1996, o envolvimento da Emater/RS-Ascar com as atividades relacionadas ao crédito rural aumentou gradativamente, demandando muita dedicação de seus técnicos, tendo em vista a diversidade de linhas de crédito, a complexidade das normativas e a dinâmica das negociações com os movimentos sociais e agentes financeiros. Junte-se a isto a constante atualização das políticas e a necessidade de capacitação de técnicos e agricultores para dar conta dos mais de 40 mil projetos elaborados anualmente e que permitem aos agricultores assistidos acessarem em torno um bilhão de reais por ano.

A Emater/RS-Ascar, na sua atuação em crédito rural, executa várias atividades de forma integrada à sua atividade de ATER junto ao público assistido.

As atividades executadas pela Emater/RS-Ascar em crédito rural são as seguintes:

  • Elaboração de planos e projetos de crédito;
  • Prestação de assistência técnica individual ou coletiva;
  • Realização de laudos e estudos prévios;
  • Realização de avaliações de bens rurais e avaliações diversas;
  • Realização de perícias e laudos visando a indenizações de seguros rurais;
  • Capacitação de agricultores, técnicos e parceiros;
  • Produção de materiais educativos;
  • Assessoramento técnico a agricultores e parceiros e em nível de carteira.

Responsáveis pelas Informações

Engenheiro Agrônomo Dulphe Pinheiro Machado Neto